“Palhaço” suspeito de matar merendeira se apresenta e tem prisão preventiva decretada

Redação

Foto: O Pantaneiro

Jesus Ajala da Silva, mais conhecido como “Palhaço Sabiá”, se apresentou no final da tarde desta terça-feira (15), à Polícia. Ele é o principal suspeito de matar a merendeira Silvana Tertuliana Pereira.

Sabiá chegou a Casa da Mulher Brasileira acompanhado do advogado João César Leite, e acabou sendo preso preventivamente. A medida foi tomada pouco depois da apresentação do acusado na Deam (Delegacia Especializada), na Casa da Mulher Brasileira.

O suspeito era ex-namorado da merendeira, que foi encontrada morta no Portal Caiobá. O o corpo de Silvana estava enrolado em cobertores e com uma faca ainda cravada no corpo.

Segundo O Pantaneiro, Sabiá tem histórico antigo na polícia, inclusive um deles em Aquidauana.

Em 2003, foi preso por agredir uma mulher durante o sexo. Conforme noticiado à época, durante a relação, ele mordeu a vítima, provocando lesão e em seguida a esfaqueou. Ele foi preso por lesão corporal e tentativa de homicídio.

Ainda conforme apurado, Sabiá viveu na região de Aquidauana por aproximadamente 10 anos, entre o final da década de 90 e o início dos anos 2000. À época, trabalhava com entretenimento infantil (como palhaço) e como jornaleiro.

 

Comentários