Pai afirma que matou porque rapaz debochou do assassinato do filho

Christian Daniel Barbosa, 40 anos se apresentou à Polícia Civil na terça-feira (3) e confessou participação no assassinato de Anderson Filiu Silva, 21 anos, na noite do dia 26 de outubro, na Rua Catiguá esquina com a Rua dos Topógrafos, no Jardim Canguru.

O suspeito se apresentou junto de um advogado Foto reprodução TV Morena
O suspeito se apresentou junto de um advogado Foto reprodução TV Morena

Segundo a polícia, Christian e outro homem estavam em uma moto, quando atiraram contra o jovem e Nayara Cristina, 22 anos, que ficou ferida nas axilas.

O crime teria sido motivado por vingança, já que a vítima era suspeita de ter matado o filho de Christian, um adolescente de 17 anos, em um acerto de contas em janeiro. Outras hipóteses para o crime não foram descartadas pela polícia.

A investigação também quer saber quem era o outro homem que estava na moto com Christian no dia do crime, na região sul de Campo Grande, e desconfia que possa ser outro filho dele. A defesa nega a participaçao do filho no crime.

Christian contou que agiu sob forte emoção. Segundo o delegado Thiago Macedo, o suspeito disse que está arrependido pelo crime. Como não havia mandado de prisão expedido, o suspeito prestou depoimento e foi liberado.

Comentários

comentários