Paciente surtado detona sala de UPA e ameaça funcionários com bisturi

Um paciente, de 23 anos, causou transtorno em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), destruindo uma sala de atendimento na madrugada deste domingo (23) em Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, o homem já havia cometido uma ‘quebradeira’ e agredido familiares no bairro em que reside.

A polícia disse que após a agressão aos familiares, o suspeito foi encaminhado para a UPA por estar ferido e com sangramento. Conforme relatos da família à PM, o homem sempre se comportava dessa maneira quando estava embriagado. Acompanhado de policiais, ele foi encaminhado à UPA.

Homem surtou após saída de policiais e destruiu sala da unidade (Foto: Sindimed/MT)
Homem surtou após saída de policiais e destruiu sala da unidade (Foto: Sindimed/MT)

Na unidade, ele se acalmou com medicamentos. No momento em que a polícia aguardava o suspeito, houve uma chamada sobre um roubo, próximo ao local onde estavam. Os policiais saíram da unidade e foram até o local indicado.

Com a ausência dos PMs, o paciente voltou a surtar e destruiu uma sala de sutura da UPA. Com um reforço policial, a PM retornou para a unidade. Os funcionários disseram que o paciente tinha danificado praticamente toda a sala e estava armado com um bisturi, fazendo ameaças.

De acordo com o G1 MT, o paciente foi imobilizado e levado para a Central de Flagrantes de Cuiabá. Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed) declarou que vai tomar medidas e cobrar intervenção jurídica sobre a falta de segurança nas unidades.

Comentários

comentários