Ordem de ataque saiu de dentro do presídio; seis pessoas já foram presas

Seis pessoas envolvidas no incêndio de dois ônibus na madrugada desta quinta-feira (14), em Campo Grande, já foram identificadas e presas. A ordem para o crime saiu de dentro do Presídio de Segurança Máxima da Capital.

Foto: Reprodução/ TV Morena
Foto: Reprodução/ TV Morena

De acordo com a polícia, sete pessoas estão envolvidas no crime. Jean Pierre Vieira, 38 anos, o filho, Adrian Pierre Vieira, 18 anos, Jeferson Ricardo Oliveira, 20 anos, foram presos e três adolescentes de 14, 15 e 16 anos, foram apreendidos. Uma pessoa ainda está foragida, mas já foi identificada. Jean não estava envolvido com o incêndio dos veículos, porém foi flagrado com drogas em sua residência junto com um dos adolescentes. Todos eles estavam na região sul da cidade.

Segundo o comandante do Batalhão de Choque, tenente coronel Marcos Paulo, a ordem do incêndio saiu de dentro do presídio após agentes penitenciários realizarem um pente-fino no estabelecimento na tarde de ontem (13). A operação fazia parte de um treinamento dos novos agentes. “Uma das pessoas que foram presas afirmou que a ordem do ataque saiu do presídio. O detento que encomendou o trabalho já foi identificado”, explicou. Apesar da ordem ter saído do estabelecimento penal, ainda não informações se o preso é membro de alguma facção criminosa.

IMG-20160414-WA0005
Seis pessoas foram presas, entre elas, três adolescentes. Foot: Divulgação Batalhão de Choque

O tipo de ataque, que é considerado inédito no Estado, está mobilizando a Polícia Militar. De acordo com o subcomandante da PM, Coronel Ovelar, estão sendo realizadas diligências na intenção de prender o sétimo envolvido no crime. “Estamos trabalhando com a equipe de inteligência nas ruas da cidade em busca de informações do suspeito. A Polícia Militar de todo Estado está em alerta. Esse fato não ficará impune”, ressaltou Ovelar.

Ataques

Dois ônibus foram incendiados e um apedrejado na madrugada desta quinta-feira. O primeiro caso de incêndio ocorreu no bairro Aero Rancho, o segundo no Jardim Campo Alto e, o terceiro, onde um ônibus foi apedrejado, no São Conrado.

No terceiro caso, o grupo tentou incendiar o veículo e chegou a jogar gasolina, porém o motorista do ônibus conseguiu fugir do ataque.

Comentários

comentários