Presidente do Operário valoriza espetáculo e torce: ‘Quem sabe pôr a mão nesse caneco após 21 anos’

Michael Franco

Com o grito de campeão preso na garganta há 21 anos, o Operário Futebol Clube disputa as final do campeonato Sul-Mato-Grossense de 2018. Mesmo perdendo no jogo de ida por 1 a 0, o Galo de Campo Grande está confiante na ‘rinha’ contra o Carijó que termina neste domingo, às 15h, no Morenão. O presidente do clube, Estevão Petrallas concedeu entrevista ao Página Brazil depois de participar do programa Tribuna Livre da Rádio Capital 95 FM e confirmou o clima de esperança do time. “A expectativa é muito positiva sabemos que o Corumbaense é uma boa equipe […] mas que nós possamos proporcionar para você torcedor, que vai estar lá, um bom jogo e um bom espetáculo”.

“Quem sabe pôr a mão nesse caneco após 21 anos”

Além da torcida e das projeções para o jogo, Petrallas fez uma análise do atual cenário do futebol de MS e foi categórico nas críticas. “[…] definirmos se nós queremos um futebol profissional com times de prefeituras ou nós queremos um time profissional com nossos clubes”. Ele cobrou também a manutenção das categorias de base nos clubes. A conversa ainda tratou de infraestrutura, organização, estádio Morenão e outras coisas ligadas ao esporte.

Confira a entrevista na íntegra:

Comentários