Operário-MT perde patrocínios após contratar goleiro Bruno

O Clube Operário de Várzea Grande perdeu mais um patrocínio, o da Eletromóveis Martinello. Foi a segunda baixa no orçamento do time desde que a direção anunciou a contratação do goleiro Bruno, condenado em 2013 por homicídio triplamente qualificado. O primeiro a sair da lista de apoiadores em protesto ao reforço foi o Sicredi.

Comentários