Operação Proclamação da República: com novo sistema da PRF, flagrantes e fiscalizações aumentam

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 deste domingo, 17 de novembro, a Operação Proclamação da República 2019, que teve início na última quinta-feira, 14. A Operação foi realizada em todas as rodovias federais do Estado, contemplando mais de 3.652 quilômetros de malha viária, divididas em 09 Delegacias da PRF e 22 Unidades Operacionais.

Foto: Divulgação/PRF.

A PRF executou neste feriado o sistema de Indenização por Flexibilização Voluntária do Repouso Remunerado. O sistema permitiu que fossem colocados 137 policiais, que estariam em horário de folga da escala, para atuarem na fiscalização durante o feriado. Os policiais voluntários recebem um valor proporcional a sua remuneração pelas horas trabalhadas a mais, permitindo uma fiscalização mais efetiva durante os feriados e finais de semana.

O novo sistema já vinha sendo testado desde agosto, mas foi implementado de forma expressiva neste feriado de Proclamação da República. A indenização representa um esforço do Governo Federal para redução no número de acidentes. Os resultados aparecem nos números de fiscalização superiores se comparados com os do ano passado conforme podemos ver no comparativo.

Fiscalizações
A PRF fiscalizou 4.709 veículos e 5.730 pessoas nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul durante os 4 (quatro) dias de Operação.

Acidentes
Durante a Operação foram registrados 19 acidentes, sendo 5 graves. Ao todo, 23 pessoas ficaram feridas e 3 óbitos foram registrados. Os três óbitos foram em decorrência dos seguintes acidentes:

Um acidente do tipo colisão frontal, com duas vítimas fatais e uma em estado grave, no km 175 da BR 267, por volta das 12h de sábado (16), em Nova Alvorada do Sul (MS).

O acidente envolveu um veículo de passeio com placas de Presidente Bernandes (SP), e uma carreta de Presidente Prudente (SP). A suspeita é de que a condutora do veículo de passeio teria dormido ao volante e atravessado a faixa de sentido oposto.

Os dois filhos dela, um menino de 11 anos e uma jovem de 19 anos, gestante, foram a óbito no local. A carreta tombou após a colisão e a pista ficou interditada, sendo liberada no início da noite de sábado. O condutor da carreta se feriu levemente. Foi acionado o Bombeiro Comunitário de Nova Alvorada do Sul, bem como a perícia da Polícia Civil.

O motorista do caminhão envolvido neste acidente havia sido fiscalizado horas antes pela PRF. Na abordagem, foi realizado o teste do bafômetro que apresentou resultado negativo. Também foi verificado o disco tacógrafo da carreta, que estava corretamente preenchido.

Já o segundo acidente com vitima fatal, foi no km 343 da BR-060, por volta das 06h de domingo (17). O acidente envolveu uma motocicleta que colidiu na traseira de uma caminhonete. O condutor da motocicleta, de 19 anos, foi a óbito no local e o motorista da S10 saiu ileso.

Ultrapassagens
Foram observadas 258 infrações de ultrapassagem cometidas, sendo 248 ultrapassagens em faixa dupla contínua. Em um dos flagrantes, as câmeras da concessionaria da BR-163 filmaram um carro realizando uma ultrapassagem em faixa contínua. Motorista foi abordado logo em seguida pela equipe da PRF.

Cinto de Segurança
As autuações pelo não uso do cinto de segurança foram 150, sendo 63 por parte dos motoristas e 87 dos passageiros. Crianças sendo transportadas fora da cadeirinha, assento de elevação ou bebê conforto resultaram em 24 autuações.

Alcoolemia
A PRF realizou 2.959 testes com o bafômetro – etilômetro nas rodovias federais do MS, 48 condutores foram flagrados por dirigirem sob efeito de álcool. 17 motoristas foram presos após o bafômetro acusar índice expelido maior que 0,30mg/L de álcool por litro de sangue.

Autuações Gerais
Foram totalizados 1.699 autos de infrações gerais.

Educação para o Trânsito
Abordagens educativas, cinema rodoviário, comando de saúde e palestras foram realizadas durante o feriado, alcançando 929 pessoas.

*com informações da PRF

Comentários