Operação Omertà: Fahd Jamil se entrega à polícia em Campo Grande

Se entregou na manhã desta segunda-feira (19) a agentes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), em Campo Grande, o empresário Fahd Jamil Georges. Ele foi alvo em uma das fases da Operação Omertà ocorridas em dezembro de 2020. O fato ocorreu no aeroporto Santa Maria.

Foto: Henrique Arakaki/Midiamax

Ao portal Midiamax, o advogado Gustavo Badaró, disse que Fahd resolveu se entregar devido a vários problemas de saúde como enfisema pulmonar. Ele será levado para a sede do Garras.

Em uma carta divulgada pelo empresário, ele diz que não tem antecedentes criminais e que está doente e sob perseguição de criminosos, e ainda fala que sempre colaborou com o equilíbrio da segurança na fronteira.

Após a operação em dezembro, o empresário fugiu se escondendo da polícia sendo considerado foragido, e neste meio tempo a defesa entrava com vários pedidos de habeas corpus para tentar que o empresário cumprisse pena domiciliar.