Operação de combate a pedofilia e pornografia infantil prende seis em MS

A 4ª fase da operação Luz da Infância em combate à pornografia infantil, que foi deflagrada nesta quinta-feira (28) em 26 estados e no Distrito Federal, prendeu 6 pessoas em Mato Grosso do Sul, sendo três em Campo Grande, duas em Três Lagoas e uma em Dourados.

Material apreendido em Dourados – Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Conforme informações da Delegacia Especialista de Proteção à Criança e ao Adolescente, dois homens foram presos em Campo Grande e um detido, com armazenamentos de conteúdos de pornografia infantil, dois computadores e dois HD e pen drives foram apreendidos pelos policiais.

A operação ocorreu nos Bairros Vila Almeida, Cabreúva e Vila Nasser, o suspeito que foi detido na Vila Nasser é técnico em informática e já respondia por estupro de vulnerável.

A quarta fase da operação Luz da Infância investiga crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet, são apurados os crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de pornografia infantil.

A primeira prisão ocorreu na Vila Nasser, após a polícia localizar no computador do homem de 32 anos mais de 1 terabyte de material pornográfico, que é considerado uma quantidade muito acima do que geralmente é encontrado.

A segunda prisão foi no bairro Cabreúva. Além de armazenar e compartilhar as imagens pornográficas envolvendo crianças em dois HDs e em um celular, o técnico de informática também produzia o material. As vítimas, porém, ainda não foram identificadas.

O terceiro homem foi detido e encaminhado à delegacia para averiguação, mas ainda não há confirmação de que ele também praticasse o crime.

Em Dourados, um serralheiro de 35 anos e um auxiliar de serviços gerais de 53 foram presos por armazenamento de material pornográfico de crianças.

A operação é nacional e coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Comentários