Olarte e vereadores serão chamados para depor no Gaeco

01olarteO Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) começa a ouvir nesta terça-feira  (1º), em Campo Grande, os políticos envolvidos no esquema de corrupção orquestrado dentro da Câmara de Vereadores para derrubar o prefeito Alcides Bernal (PP).

Entre os que devem prestar depoimento estão o vice-prefeito Gilmar Olarte (PP) e vereadores, acusados de receberem propinas dos empresários João Amorim e João Baird.

Eles terão de comparecer espontaneamente ou serão levados à força pela polícia e pelos integrantes do MPE (Ministério Público Estadual) para explicarem o esquema de compra de votos, segundo reportagem do jornal Correio do Estado desta terça-feira.

Os principais alvos são os vereadores que votaram pela cassação do mandato de Bernal. Gilmar Olarte, que assumiu o cargo, com o afastamento de Bernal pela Câmara, também, terá de comparecer ao Gaeco.

Olarte foi empossado no cargo de prefeito pelos vereadores no dia 13 de março de 2014, um dia depois do Legislativo cassar o mandato de Alcides Bernal. Isto depois da “guerra de liminares” no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul contra e a favor do julgamento político no Legislativo.

Pravaleceu a decisão da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges sobre as liminares concedidas pelo então presidente em exercício do TJMS, desembargador João Batista, hoje aposentado.

Comentários

comentários