Ocupação na UEMS adia prova do Enem a 488 estudantes de MS

Foto: Reprodução - Alunos
Foto: Reprodução – Alunos

Os 488 estudantes que fariam as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos próximos sábado (5) e domingo (6) a prova do Enem no campus da Universidade Estadual de Mato Grosso Sul (UEMS), em Paranaíba, tiveram suas provas adiadas. Como o prédio da universidade foi ocupado por estudantes em protesto contra o governo federal, as provas foram transferidas para os dias 5 e 6 de dezembro.

Dos 296 locais que sediam o Enem em Mato Grosso do Sul esta foi o único que sofreu alteração. No país, a medida abrange 304 locais e um total de 191.494 estudantes. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (1º) pela presidente Inep (Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Maria Inês Fini.

Pelos dados oficiais, o número de afetados com o adiamento em Mato Grosso do Sul equivale a 0,35% do total de inscritos no Estado.

Segundo o Inep, a mudança dos locais de prova não afeta a segurança do exame e a nova aplicação do Enem ocorrerá em tempo hábil para a utilização dos resultados no SISU, Fies e Prouni.

Os novos locais de prova serão divulgados na página do Inep e mais informações disponíveis no telefone 0800 616161.

Comentários

comentários