Número de urnas substituídas chega a 1.675 em todo país

Manhã de votação com urnas biométricas, no Colégio Itapuca, em Niteroi (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Manhã de votação com urnas biométricas, no Colégio Itapuca, em Niteroi (Foto: Tânia Rêgo/AB)

O número de urnas substituídas em todo o país já chega a 1.675, o que equivale a 0,3815% dos 432.959 aparelhos que estão sendo usados para o primeiro turno das eleições 2016, neste domingo (2).

O estado do Rio de Janeiro está lidera o número de substituições, com 332 trocas. Em segundo lugar está o estado de São Paulo, com 212 equipamentos trocados, seguido do Rio Grande do Sul (158) e Ceará (137). Até o momento, não há registro de localidades com votação manual.

O terceiro boletim parcial divulgado pelo TSE contém informações registradas até às 11h54 deste domingo. Até o fechamento do balanço, foram registradas 907 ocorrências. Entre elas, 92 envolvendo candidatos, dos quais 60 foram presos em flagrante.

O estado de Minas Gerais lidera o ranking de prisões entre os candidatos, com 26 detidos por divulgação de propaganda eleitoral e realização de boca de urna, além de outras irregularidades não especificadas pelo TSE.

Também registraram prisões em flagrante de candidatos os estados de Santa Catarina (6), São Paulo (5), do Mato Grosso do Sul (4), Piauí (4), Rio de Janeiro (4), de Goiás (3), Mato Grosso (2), da Paraíba (2), do Paraná (2) e Rio Grande do Norte (2). Entre

Entre os eleitores o número de ocorrências já chega a 815, das quais 337 resultaram em prisões.

Comentários

comentários