Número de mortes por gripe em 2018 é o 3º maior em 10 anos

Mato Grosso do Sul registrou até o momento em 2018 o total de 28 mortes por influenza, número que posiciona o ano em terceiro com mais óbitos nos dados colhidos desde 2009. As informações são do boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde). A capital possui número de casos bem maior que os outros municípios.

O auge de mortes por influenza em MS ocorreu em 2016, com 103 casos. O segundo maior registro até o momento ocorreu em 2014, sendo 29 casos e o terceiro conforme citado, é o ano de 2018 com 28 casos até o momento.

Até o momento o número de casos confirmados de Influenza em todo o Estado, chega a 143. A maioria destes são de casos do tipo A H3N2, sendo 63.

Das 28 mortes por influenza, 15 ocorreram em Campo Grande. Alcinópolis, Chapadão do Sul, Nioaque, Aquidauana, Sidrolândia Três Lagoas e Dourados possuem um óbito cada.

Costa Rica, Coxim, Naviraí registraram duas mortes pela doença cada.

O H3N2/Sazonal concentra a maior parte do todo, com 11 óbitos, seguido do tipo H1N1, com 10. São quatro por Infuenza A não subtipado e três por influenza B.

Os dados referentes a 2018, foram levantados até 05 de setembro.

Quando iniciou-se o levantamento de mortes por influenza no Estado, em 2009, o registro chegou a 27 casos. Em 2010 e 2011 não se obteve registro de óbitos pela doença.

Em 2012, oito óbitos pela doença ocorreram, no ano seguinte (2013) foram 15, 2014 o registro foi de 29 como já citado, em 2015, o total foi 7. Após o auge de mortes pela doença com 103 no total, em 2016, em 2017, o número caiu para 06.

Comentários