Número de mortes nas rodovias federais durante o Carnaval aumenta em MS

A Operação Carnaval, realizada do dia 5 de fevereiro até a meia-noite da quarta-feira de cinzas (10), registrou aumento de quatro vezes o número de mortes nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Nas rodovias estaduais, a Polícia Militar Rodoviária (PMR) não registrou nenhuma morte durante o feriado prolongado.

André Orestes Ferreira perdeu o controle e morreu ao bater em caminhão na BR-163, em Sonora - Foto: Divulgação / Coxim Agora
André Orestes Ferreira perdeu o controle e morreu ao bater em caminhão na BR-163, em Sonora – Foto: Divulgação / Coxim Agora

Ao todo, foram quatro mortes nas rodovias federais e 41 feridos. Em 2015, não ocorreu nenhuma morte e teve 37 feridos. Apesar desse aumento, o número de acidentes caiu, foram 49 neste ano e 53 no mesmo período do ano passado.

Nas rodovias estaduais, foram registrados sete acidentes e nenhuma morte. Segundo a PMR, o número de acidente representa redução de 200% em comparação ao feriado de 2015. Durante a operação, foram aplicados 556 autos de infração, dos 3.676 veículos vistoriados e 4.680 pessoas abordadas.

Apenas um motorista foi preso por embriaguez ao volante, na região de Fátima do Sul. O condutor de 43 anos foi flagrado ziguezagueando na MS-112. Já nas vias federais, foram 20 prisões por embriaguez. A PRF fiscalizou 9.011 veículos e aplicou 4.158 autuações por excesso de velocidade. Um motorista foi flagrado a 207 km/h.

Mortes

Duas pessoas morreram no sábado (6), após uma colisão entre um carro e uma carreta, na BR-060, próximo a Bela Vista. Segundo a PRF, o caminhão-tanque bateu de frente com o carro, que seguia na direção contrária.

Comentários

comentários