Nova diretoria da Fundect toma posse na Capital

Foto Divulgação

Foi nomeada na manhã desta terça-feira (17) pela governadora em exercício de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto, a nova diretoria da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de MS (Fundect), liderada pelo diretor-presidente, o médico veterinário Davi José Bungenstab, juntamente com o diretor científico, professor da UEMS, Márcio de Araújo Pereira e o diretor administrativo Arthur Vieira.

A cerimônia de posse, conduzida pela governadora em exercício, Rose Modesto, aconteceu no Gabinete da Governadoria, em Campo Grande, contando com a presença de secretários de Estado, presidentes de fundações estaduais, representantes de universidades e instituições de pesquisa, Embrapa, Iagro, Fecomércio, Sebrae, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Correios e Imprensa.

Entre os objetivos para o triênio, o novo presidente ressalta o posicionamento estratégico da Fundect no meio científico estadual e nacional, e a necessidade de intensificar a articulação internacional para permitir acesso a recursos externos.

Bungenstab é especialista em administração rural, doutor em ciências agrárias, meio ambiente e desenvolvimento pela Universidade Humboldt de Berlim, e nos últimos anos foi professor universitário nas áreas de Zootecnia, Administração Rural e Medicina Veterinária. Em outubro de 2010, assumiu o cargo de pesquisador da Embrapa Gado de Corte na área de sustentabilidade e eficiência energética de sistemas.

“Estamos identificando o que o Mato Grosso do Sul precisa para atingir patamares mais altos em ciência e tecnologia. Vamos fomentar a inovação pela ciência para gerar qualidade de vida, planejando e priorizando as ações conforme os recursos disponíveis, fazendo assim uma gestão alinhada com o conselho superior da Fundect em concordância com as metas estabelecidas para o fortalecimento e divulgação da CT&I no Estado”, afirma Davi.

A governadora em exercício, Rose Modesto, ressaltou que a presença de diversas entidades dos mais variados setores, na cerimônia de posse, reafirma o compromisso com a unidade das instituições em prol do desenvolvimento do Mato Grosso do Sul. “Acredito demais na Fundect e na capacidade de sua equipe, a instituição é referência em Ciência e Tecnologia e representa nosso Estado no Brasil e exterior. Confio na capacidade que o Davi tem para alavancar ainda mais as ações dessa área, para isso ele conta com o total apoio do Governo do Estado e de todas as instituições aqui presentes”, conclui.

Para o reitor da UEMS, e ex-presidente da Fundect, Fábio Edir dos Santos Costa, a nova diretoria tem capacidade técnica e motivação para continuar o avanço que a ciência e tecnologia sul-mato-grossense tem experimentado nos últimos anos. “Hoje a Fundect é protagonista em uma série de ações fundamentais para o desenvolvimento do Estado. Enquanto UEMS ficamos orgulhosos em termos um representante da Instituição na Diretoria Científica, um posto tão importante da Fundação.  Confiamos plenamente na capacidade do novo presidente que já provou ter as qualidades necessárias para liderar o órgão, da mesma forma que renovamos nossos votos de confiança e apreço ao diretor administrativo que certamente continuará desenvolvendo um trabalho brilhante”, diz o reitor.

Nova diretoria

Tomou posse também a nova diretoria da Fundect, para o cargo de diretor científico, foi nomeado Márcio de Araújo Pereira, administrador, mestre em Agronegócios, doutor em desenvolvimento rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS) com qualificação na Universidade Wageningen da Holanda, tendo atuado nos últimos anos como Pró-Reitor de Administração e Planejamento da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

Artur Vieira dos Santos ocupa o cargo de diretor administrativo, formado em ciências contábeis com especialização em administração, é auditor do Estado de Mato Grosso do Sul e possui experiência na área de administração com ênfase em auditoria governamental.

Comentários