Nico Rosberg conquista a pole no GP da Hungria, mas pode ser punido

O treino classificatório para o GP da Hungria marcou mais uma dobradinha da Mercedes. O piloto mais rápido do treino classificatório em Hungaroring foi Nico Rosberg. O alemão completou sua melhor volta em 1min19s965. Porém, a pole do líder do campeonato deve ser investigada, já que, quando completou sua melhor volta, a pista estava com bandeira amarela.

Atleta ignorou a sinalização de bandeira amarela
Atleta ignorou a sinalização de bandeira amarela

Se houver punição, a pole deve cair no colo de Lewis Hamilton, que liderava o treino até o final. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e os comissários da prova irão analisar as imagens.

A classificação deste sábado foi muito agitada. O Q1 e o Q2 foram as melhores partes da sessão. O treino atrasou cerca de 20 minutos por conta da chuva e agitou a primeira parte. Ao todo, foram quatro bandeiras vermelhas. Uma por conta da pista molhada e três por acidentes. Marcus Ericsson, Felipe Massa e Rio Haryanto foram os responsáveis.

A segunda parte da sessão foi a mais animada. Definida nos segundos finais. Por pouco, Lewis Hamilton não é eliminado nesta etapa do treino. O tricampeão do mundo ficou apenas com o 10º tempo. É interessante ressaltar o grande treino de Felipe Nasr.

Embora o brasileiro tenha sido eliminado em 16º lugar, andou rápido e figurou entre as primeiras posições, mas não aguentou o ritmo.

Já o Q3 foi a parte mais monótona do dia. O único momento de emoção ficou no final do treino, quando Fernando Alonso rodou na pista, atrapalhou a volta de Hamilton e deu a pole para Rosberg.

O treino deste sábado foi muito interessante e cravou a evolução da Red Bull. O lado negativo ficou por conta de Felipe Massa, que bateu e vai largar no final do grid.

Comentários

comentários