“Neymar quer sair do PSG, mas o PSG não quer que ele saia”, afirma presidente do Barça

Globoesporte.com/JP

Neymar em Montpellier x PSG (Foto: EFE/ Guillaume Horcajuelo)

Diante do final de temporada conturbado e dos rumores sobre as chegadas de Griezmann e Neymar, o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, deu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira. Na conversa com a imprensa, o mandatário falou sobre o vice demitido, Jordi Mestre, além de Dembelé, Philippe Coutinho e De Ligt, mas, claro, o principal assunto girou em torno da negociação por Neymar com o Paris Saint-Germain.

– Neymar quer sair do PSG, mas o PSG não quer que ele saia. Por isso, não há negócio – afirmou o dirigente.

Batomeu foi mais além. Depois de negar o acerto com Neymar, o dirigente ainda disse que prefere Dembelé ao craque brasileiro. O atacante de 22 anos foi contratado há duas temporadas justamente para substituir Neymar, que havia acertado com o time da capital francesa.

– Na minha concepção, sim: Dembelé é melhor do que Neymar. É um jogador diferente e queremos que ele siga jogando por aqui – avaliou.

Sobre um possível pedido de Lionel Messi, amigo próximo de Neymar, para que o craque brasileiro retornasse ao Barça, Bartomeu foi contundente.

– Sei disso pela imprensa, mas o Messi não pede jogadores. Ele quer jogar, quer um bom time, competitivo, mas as decisões são sempre dos técnicos do clube.

Bartomeu também aproveitou a entrevista para dizer que o clube está interessado na contratação de Griezmann e tomou providências nesse sentido. O atacante do Atlético de Madrid anunciou que não permanece na equipe para a próxima temporada. No contrato, estava prevista uma queda no valor da multa rescisória, que agora é de € 120 milhões, justamente para facilitar uma futura negociação.

– Ontem (última quinta-feira) houve uma reunião entre Óscar Grau (diretor executivo do Barcelona) e Miguel Ángel Gil (dirigente do Atlético de Madrid) e eles conversaram sobre isso. Foi o primeiro contato entre os clubes. Repito, o primeiro contato.

Veja abaixo outros tópicos da coletiva de Josep Bartomeu:

Griezmann preferiu ficar no Atlético na temporada passada 

Acontece, não é a primeira vez. Lembro-me dos casos de Fàbregas e Henry, que em uma temporada disseram que não vinham e na seguinte vieram. É normal no mundo do futebol. As situações são diferentes de um ano para o outro, mas isso não significa que ele vem. Há interesse, sim. Outra coisa é ele vir.

Philippe Coutinho

Fizemos uma aposta muito forte nele. É um jogador fundamental para Valverde. Torço para que faça uma boa final (de Copa América), que vença e tenha boas férias.

De Ligt

Eu disse há muito tempo que sabia onde De Ligt iria jogar na próxima temporada. Eu ainda sei. Pertence ao Ajax. Tenho uma ideia de onde vai jogar. Mas são os jogadores que devem dizer onde vão jogar, não eu.

Pedido de demissão do vice Jordi Mestre

Dois dias atrás nós comemos juntos e ele disse que queria ir embora. Ele deu várias razões, uma delas por discrepâncias com a área de futebol do Conselho de Administração. Houve também cansaço. Entendi suas razões. Tem muitas coisas. Agora eu assumo essa responsabilidade (negociações), como fiz em outras ocasiões. Estou acostumado. Quero fazer isso porque já fiz cinco anos atrás, quando Sandro Rosell era presidente. Sei como é o mercado, é algo de que gosto.

Volta de Víctor Valdés para cuida das categorias de base

Falei com Valdés há alguns dias e ele me disse: “Presi, não é hora de voltar para casa?” Eu disse a ele para me dar alguns dias para pensar em como poderíamos integrá-lo a nossa estrutura técnica. Será feita uma proposta nos próximos dias.

Comentários