Neymar é cobrado a dizer se fica ou não no PSG

Gazeta Esportiva.com

Neymar durante evento realizado em São Paulo, em abril (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Neymar não joga há mais de 50 dias, mas a recuperação de sua cirurgia no metatarso do pé direito está chegando à fase final. No Brasil desde a operação, o craque vem lidando com vários rumores sobre sua saída do Paris Saint-Germain e, sem ter se pronunciado sobre o caso, tomou uma “dura” do ex-jogador e campeão mundial com a França em 1998, Christophe Dugarry.

“Eu quero ouvi-lo dizer que decidiu ficar no PSG. É uma convocação para Neymar. Quero que ele se expresse. Estou farto de outras pessoas se comunicando no lugar dele. Quero ouvi-lo dizer se vai ficar no clube ou não”, disse firmemente o ex-atacante à rádio Monte Carlo, onde trabalha como comentarista. “Não me importa o que o pai dele diz, Neymar tem que fazer uma declaração para explicar se ele quer ficar ou não. Por enquanto, os outros é que falam por ele”.

A negociação do atacante brasileiro, então no Barcelona, foi longa, silenciosa e milionária. No entanto, desde que chegou no Parque dos Príncipes, Neymar convive com rumores de brigas com companheiros, como Cavani, e de que teria privilégios que outros jogadores não têm, causando o famoso “racha” do elenco. O Real Madrid, principal rival de seu ex-clube, sempre foi o apontado como destino do atacante caso deixe o PSG.

Comentários