Neste sábado, Leci Brandão será reverenciada no Esquenta Cordão Valu-Esquenta

Grupo Sampri irá interpretar cinco canções marcantes da cantora; iniciativa faz parte das homenagens que o Cordão Valu presta às mulheres, no Carnaval deste ano; e o cantor Dieguinho, é a outra atração, neste sábado, no Ramadas.

Foto: Roberto Filho (14/05/14).

Leci Brandão, uma das maiores cantoras de samba do país, será a homenageada no terceiro Esquenta Cordão Valu-Esquenta Corumbaense Juntos, sábado, 25, no Ramadas. A homenagem à artista, faz parte das celebrações do Cordão Valu às mulheres, tema deste ano do Carnaval do maior e mais tradicional grupo carnavalesco de rua, de Campo Grande.

O responsável por prestar a homenagem, por meio de quatro cantoras de renome nacional, ligadas ao samba, é o grupo Sampri, uma das atrações principais dos pré-carnavais do Valu, de 2020, em parceria com o Esquenta Corumbaense. A primeira homenageada, foi Beth Carvalho, no segundo esquenta, sábado passado, 18. Serão reverenciadas ainda, nas próximas edições, Clara Nunes, e Dona Ivone Lara.

Leci, da Mangueira

Dentro de seu repertório musical já conhecido do público, as meninas do Sampri vão dedicar, nesse terceiro esquenta, um bloco com cinco canções marcantes da carreira de Leci Brandão: “Zé do Caroço”, “Papai Vadiou”, “Isso é Fundo de Quintal”, “Eu só quero te namorar”, e “Perdoa”.

Carioca de Madureira, a cantora e compositora, que iniciou a carreira no início dos anos de 1970, foi a primeira mulher a integrar a ala dos compositores da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira. Leci também milita na política: é deputada estadual pelo PCdoB-SP. Leci, à parte, o Sampri apresentará ainda o seu mix de canções, com sambas de raiz; a sonoridade da Bahia; e sucessos de grandes compositores e intérpretes da MPB. Para folião nenhum ficar parado.

Dieguinho, versátil

O show de abertura, nesse sábado, do terceiro Esquenta Cordão Valu-Esquenta Corumbaense juntos, é novidade. Trata-se do cantor Dieguinho que, em sua apresentação, irá interpretar samba, pagode, axé, e Partido Alto. O cantor pretende ainda relembrar antigos pagodes, como os do grupo Só Para Contrariar, o chamado “Momento Saudade”.

Serviço: Esquenta Cordão Valu-Esquenta Corumbaense juntos /Carnaval 2020. Dia 25 de janeiro de 2020. Local: Ramadas Festas e Eventos, rua Tonico de Carvalho, 15, Bairro Amambaí. Horário: Das 17h30 à meia-noite.

Comentários