Nelson Barbosa é o novo ministro da Fazenda em substituição a Joaquim Levy

A presidente Dilma Rousseff anunciou que o Nelson Barbosa é o novo ministro da Fazenda, em substituição a Joaquim Levy. A confirmação oficial será dada pelo Planalto ainda hoje. Apesar de ter batido o martelo, o Correio apurou que dentro do próprio partido o nome de Barbosa perdeu força. Ele era bem visto no ano passado, logo após a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Mas os embates duros que travou com Levy ao longo deste ano o enfraqueceram.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Um outro nome que chegou a ser veiculado é do atual ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Armando Monteiro. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gosta dele, mas acha melhor que Monteiro permaneça no cargo onde está. Monteiro foi um dos fiadores dos oito anos de governo Lula, como presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Mas foi bastante criticado durante a campanha para o governo de Pernambucano por dificuldades gerenciais das empresas que comandava.

Favorito de Lula, o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que já sinalizara que toparia assumir o posto, ficou desgastado com a exposição do próprio nome nos jornais, somado ao fato de Dilma nunca ter gostado dele. Já o ex-ministro da Integração Nacional Ciro Gomes, também especulado, é o que teria menos chances. “Dilma brigaria de morte com o último PMDB que a apoia – o PMDB do Senado”, resumiu um senador petista.

CORREIO BRAZILIENSE

Comentários

comentários