Nelsinho Trad retorna ao PTB e assume diretório regional

O ex-prefeito de Campo Grande, por dois mandatos, Nelson Trad Filho, é o novo presidente regional do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro). Em nota oficial publicada em seu perfil no Facebook.

Nelsinho Trad retorna ao PTB
Nelsinho Trad retorna ao PTB

Nelsinho confirmou sua saída do PMDB e o ingresso na nova legenda, após um período considerável de conflitos internos na legenda, em particular com o ex-governador André Puccinelli.

Na nota, que Nelsinho assina como “presidente do PTB/MS”, o ex-prefeito comunica “o ingresso no Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)”, lembrando que a legenda também foi a casa do pai do ex-governador, o deputado Nelson Trad”. A nota não deixa de alfinetar os desafetos do PMDB, ao citar que “os eventuais dissabores e decepções decorrem da fragilidade de uns poucos, e não da essência orgânica e fértil do partido.”

Nelsinho tem um histórico de 12 anos no PTB, pois se elegeu pela primeira vez como vereador de Campo Grande justamente no partido, no ano de 1992, sendo reeleito em 1996 e 2000 pela legenda. Logo depois conseguiu ingressar na Assembleia Legislativa, em 2002, como deputado estadual, ainda pelo PTB.

Desde o começo do ano, o ex-prefeito ressaltou que iria sair do PMDB em função da falta de apoio do partido e alguns compromissos que não foram cumpridos. “Ao deixar o PMDB, partido onde tive a honra de construir sólida e honrada trajetória, o faço de coração aberto ao constatar que eventuais dissabores e decepções decorrem da fragilidade de uns poucos”, declarou em seu manifesto.

Confira a nota na íntegra:

Nelsinho já foi do PTB e não está nada satisfeito no PMDB. Ele, inclusive, já procurou filiados ao partido para falar da possibilidade de retorno e chegou a conversar até com representantes do diretório nacional.

A possibilidade da dupla desembarcar no PTB já provoca muita discussão, principalmente pela proximidade de Ayache com Delcídio do Amaral (PT). Na avaliação de alguns filiados, a briga pelo comando do partido deve ser liderada pelos dois adversários na disputa pelo governo do Estado, Nelsinho e Delcídio.

O vereador Edson Shimabukuro (PTB) foi um dos procurados por Nelsinho e diz que o momento é de muito diálogo. “Até o mês que vem temos que resolver. A família Trad tem tradição no PTB e tem o Ricardo Ayache também, que deve se filiar”, contou.

Shimabukuro é a favor de um diálogo maior no partido. Ele não concorda com os rumos atuais da sigla, que na visão dele, está muito amarrada nas mãos do presidente, Ivan Louzada. “Temos que fazer um partido mais democrático. O Nelsinho falou que gosta muito do PTB e tem origem no partido. Está tentando viabilizar a vinda dele, mas depende muito do diretório nacional. Um dos pontos que ele quer é a presidência. Para ser mais um não adianta né”, explicou.

Comentários

comentários