Negros e obesos têm mais chances de adquirir câncer de próstata, diz especialista

O câncer de próstata atinge cerca de 60 mil homens por ano em todo o Brasil. Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Cerca de 15 mil morrem todos os anos no país, o que contabiliza aproximadamente uma morte a cada 40 minutos.

Assista ao vídeo da entrevista, onde o especialista alerta sobre a importância do diagnóstico precoce e esclarece dúvidas frequentes:

O Novembro Azul,  é uma campanha de conscientização realizada por diversos segmentos no mês de novembro dirigida especialmente aos homens, que visa a conscientização a respeito de doenças masculinas, com foco na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Segundo o médico urologista da ABCG-Santa Casa Dr. Guilherme Stangarlin, homens que tenham a doença no histórico familiar, obesos e negros, têm maiores chances de contrair o câncer de próstata. Para o especialista, a importância do diagnóstico precoce é um fator decisivo na cura do câncer que mata milhares.

Stangarlin ressalta que a pessoa vítima da doença na próstata não sofre alterações no desejo sexual, mas alerta que 30% dos pacientes se tornam impotentes conforme o estágio do câncer.

Comentários

comentários