Na última noite de Carnaval, polícia usa bombas de gás para dispersar foliões na Esplanada

Com o fim do Carnaval equipe do Batalhão de Choque foi chamada para acalmar foliões mais alterados de rua na Esplanada Ferroviária, nessa madrugada (01), estava prevista para acabar por volta das 23h.

Cordão da Valú, termina com intervenção de PMs (Foto: Divulgação/Batalhão de Choque)

Em nota, eles relataram foram chamados para intervir, para que os carnavalescos saíssem da rua onde acontecia o “Cordão da Valú”, pois o evento já tinha acabado.
“No meio da multidão houve várias garrafas lançadas para cima dos policiais, não restando alternativa a não ser utilizar, gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral”, relata Batalhão de Choque.

Entre os 20 mil foliões, duas pessoas foram detidas por desacato e desobediência e resistência, onde foram encaminhadas para a Delegacia de Pronto Atendimento (DEPAC) Centro.

Elas foram encaminhadas à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde assinaram um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e forma liberadas. Os nomes não foram divulgados.

Uma jovem, que pediu para não ser identificada, contou que chegou a ser anunciado que a festa tinha acabado, mas que em seguida o som foi ligado novamente. “Ocorreram várias brigas simultaneamente ”, lamenta.

Comentários

comentários