Na sombra da figueira; Verdão vence e abre vantagem em cima do Flamengo

O Palmeiras segue como líder do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time paulista venceu o Figueirense por 2 a 1 no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, em duelo válido pela 31ª rodada da primeira divisão. Os gols do jogo foram feitos pelo volante Jean (dois) e Rafael Silva.

palmeiras

O camisa 17 converteu um pênalti marcado pelo árbitro Igor Junio Benevenuto na segunda etapa – Gabriel Jesus caiu dentro da área após ser atingido em disputa com o zagueiro Bruno Alves. Depois, no fim da partida, ele aproveitou a sobra após boa jogada de Gabriel Jesus e aumentou. No lance seguinte, Rafael Silva descontou.

Com a vitória e a derrota do Flamengo contra o Internacional, os comandados de Cuca somam 64 pontos e têm quatro de vantagem sobre a equipe carioca. Já o Figueirense segue na zona de rebaixamento: é o 18º, com 32 pontos, três atrás do Vitória, primeiro time fora da degola.

As duas equipes voltam a jogar pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, 23 de outubro. O Palmeiras encara o Sport às 17h, no Allianz parque, enquanto o O Figueirense enfrenta o Atlético-MG fora de casa, às 19h30.

PRESSÃO PARA VOLANTE NÃO JOGAR

A torcida do Figueirense esperava ver o volante Renato na partida, mas ele sequer foi relacionado. Tudo, no fim, por pressão do gerente de futebol do Palmeiras, Cícero Souza, segundo relato de Branco, assessor da presidência do time catarinense. O jogador pertence ao time paulista e está emprestado ao clube de Florianópolis.

MUITA MARCAÇÃO, POUCAS CHANCES

O primeiro tempo do jogo foi de muita marcação e poucas emoções. O Figueirense ficou menos com a bola e tentou investir mais em saídas rápidas, mas esbarrava em erros de passes e na defesa rival. O Palmeiras também encontrou dificuldades para criar espaço e chutar.

O time da casa teve como melhor chance um falta cobrada por Ayrton e bem defendida por Jailson. Já os visitantes viram Vitor Hugo cabecear um cruzamento para fora e o Ayrton tirar quase em cima da linha do gol um chute de Gabriel Jesus.

FALA MUITO, FALA MUITO

No intervalo do jogo, para a TV Globo, o técnico Cuca fez referência à confusão no Fla-Flu ao dizer que queria a paralisação do jogo por um lance em cima de Dudu. “Seria bom se desse para parar um pouco, e rever o lance”.

JEAN DO CÉU

O Palmeiras começou bem melhor a segunda etapa e conseguiu abrir o placar aos 11 minutos. Depois de lançamento na área, Bruno Alves subiu para disputar com Gabriel Jesus. O atacante do time paulista caiu após ser atingido, e o árbitro Igor Junio Benevenuto apontou o pênalti. Na cobrança, Jean converteu e fez 1 a 0.

No fim da partida, o volante aproveitou a sobra após boa jogada de Gabriel Jesus e bateu rasteiro para fazer 2 a 0. No lance seguinte, o Figueirense – que reclamou de ump ênalti não marcado na segunda etapa – conseguiu diminuir com Rafael Silva.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 X 2 PALMEIRAS

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 16 de outubro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Público: 17.090 presentes
Renda: R$ 399.115,00
Cartões amarelos: Jackson Caucaia (Figueirense); Dudu, Gabriel Jesus e Vitor Hugo (Palmeiras)
Gols: PALMEIRAS: Jean (pênalti) aos 12 e aos 32 minutos do segundo tempo. FIGUEIRENSE: Rafael Silva aos 35 minutos do segundo tempo.

FIGUEIRENSE: Gatito Fernández; Ayrton, Bruno Alves, Werley e Marquinhos Pedroso; Josa, Ferrugem, Jackson Caucaia (Lins) e Dodô (Bady); Everton Santos (Rafael Silva) e Rafael Moura
Técnico: Marquinhos Santos

PALMEIRAS: Jailson; Fabiano, Mina, Vitor Hugo e Egídio; Jean, Tchê Tchê (Fabricio) e Moisés; Roger Guedes (Allione), Gabriel Jesus e Dudu (Thiago Santos)
Técnico: Cuca

Comentários

comentários