Na reta final, 6,6 mil crianças ainda precisam ser vacinadas contra sarampo e pólio

Da Redação

Faltando cinco dias para o fim da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e contra o Sarampo que termina na próxima sexta-feira (14), cerca de 6,6 mil crianças com idade de 1 ano a menores de 5 anos, precisam ser levadas pelos pais ou responsáveis às unidades de saúde (UBS/UBSF) para receberem as doses das vacinas. Fazem parte do público alvo aproximadamente 47,5 mil crianças.

O Boletim de Vacinação divulgado nesta segunda-feira (10) pela Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) de Campo Grande por meio da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica (CVE) aponta que o crescimento da cobertura vacinal foi de apenas 5,7 pontos percentuais se comparado com o balanço divulgado na segunda-feira da semana passada, passando de 80,33% para 86,06% no caso da Polio, e, de 80,36% atingindo 85,55% para o sarampo.

A coordenadora da CVE, Mariah Barros, explica que “os pais ou responsáveis devem levar as crianças para tomar as doses e, consequentemente, contribuir para atingir a meta de 95% da cobertura vacinal”. Entretanto, ela destaca, ainda que ”além de números coletivos, a vacinação é uma responsabilidade é individual para com a saúde das crianças que são as mais vulneráveis em caso de surto das doenças”.

As 68 salas de vacinação das UBS/UBSF, funcionam de segunda a sexta-feira, das  7h15 às 11h e das 13h às 16h45 (exceto feriados).

Mesmo que a criança já tenha recebido as doses das vacinas no passado, precisam tomar outra dose durante a Campanha para garantir a imunização contra as doenças. Os pais e responsáveis são atores sociais importantes no processo de manutenção da eliminação das doenças imunopreveníveis e por isso devem comparecer às unidades básica

Comentários