Na luta contra leucemia, aposentado do Exército precisa de doação de sangue e de plaquetas

Diagnosticado com leucemia mieloide aguda, Francisco Sant’Ana, 70 anos, ex-militar do Exército, depende de doações de sangue e plaquetas para sua recuperação.

Seu quadro é crítico e encontra-se internado no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do HMil (Hospital Militar do Exército).

Na tarde de ontem (26), seus filhos estiveram em frente ao hemosul fazendo campanha em busca de doadores, onde conseguiram cerca de 20 pessoas dispostas a ajudar. Porém, esse número não é o bastante, pois a vida do sr. Sant’Ana, como é conhecido pelos amigos, depende de não faltar sangue e principalmente plaquetas.

A campanha se estende também pelas redes sociais.

Onde doar

Os interessados podem se dirigir ao HEMOSUL localizado na Av. Fernando Corrêa da Costa, 1304 – Centro, a partir das 7h. Doar para Francisco Sant’Ana, internado no Hospital Militar do Exército Brasileiro.

Telefone para contato: 3312 1500

Quem pode e como doar

Ter entre 16 e 69 anos (para os que tiverem 16 ou 17 anos, é necessário apresentar autorização do responsável);

O idoso precisa ter iniciado a doação antes dos 60 anos na FHB;

Pesar acima de 55kg;

Ter mais de 1,50m;

Estar em boas condições de saúde (o doador passa por avaliação médica no local);

Apresentar documento oficial com foto, sem danos;

Ter dormido pelo menos 6 horas, com qualidade, na noite anterior à doação;

Não realizar exercícios físicos ou ingerir bebidas alcoólicas 12h antes da doação;

Para quem colocou piercing, fez tatuagem ou maquiagem definitiva, será necessário aguardar 12 meses;

Nos casos de realização de endoscopia ou de outros exames invasivos, será preciso esperar 6 meses;

Evitar fumar 2h antes e 2h depois da doação;

Quem esteve em zonas endêmicas de malária está inapto a doar por 1 mês ou, caso tenha residido em um desses locais, por 3 anos;

Atualmente, devido ao surto de zika vírus no Nordeste do país, tornaram-se inaptos, pelo período de um mês, quem esteve em qualquer estado daquela região.

 

Comentários