Na Espanha, Rosberg bate Hamilton e vence pela 1ª vez no ano

O alemão Nico Rosberg conseguiu sua primeira vitória na temporada de Fórmula 1, depois de um início de ano apagado. Neste domingo, ele conquistou com tranquilidade o Grande Prêmio da Espanha da categoria, após cinco etapas, em nova dobradinha da equipe Mercedes.

Rosberg foi mais rápido que os concorrentes durante todo o fim de semana Foto Manu Fernandez / AP
Rosberg foi mais rápido que os concorrentes durante todo o fim de semana Foto Manu Fernandez / AP

Rosberg duelou pelo Mundial de 2014 com Lewis Hamilton até a última prova do calendário, mas acabou superado pelo inglês. O alemão teve início de temporada inconstante este ano enquanto seu companheiro na equipe Mercedes era praticamente hegemônico.

Mas o cenário mudou neste fim de semana em Barcelona. Rosberg quebrou a sequência de Hamilton nos treinos classificatórios e largou na pole position. Na corrida, disparou na ponta já nas primeiras voltas e conquistou uma vitória bastante tranquila. Ele não vencia desde o GP do Brasil da temporada passada.

A dobradinha da Mercedes veio com Lewis Hamilton na segunda colocação. O piloto britânico adotou estratégia diferente de seu companheiro de equipe e conseguiu vencer a batalha com o alemão Sebastian Vettel, que completou o pódio com o terceiro posto.

A quarta colocação foi do finlandês Valtteri Bottas, seguido por seu compatriota Kimi Raikkonen. O brasileiro Felipe Massa encerrou na sexta colocação, três à frente da que largou, após uma prova segura. O piloto da Williams conseguiu ultrapassagens ainda nas primeiras voltas e não foi mais ameaçado. Daniel Ricciardo, Romain Grosjean, Carlos Sainz Jr e Daniil Kvyat completaram a zona de pontuação.

Outro brasileiro da Fórmula 1, Felipe Nasr levou sua inconstante Sauber à 12ª colocação. Seu companheiro de equipe, o sueco Marcus Ericsson foi o 14º. Entre eles, ficou o mexicano Sergio Pérez, da Force India.

O Campeonato Mundial de Fórmula 1 segue com liderança de Lewis Hamilton agora com 111 pontos, com 20 de vantagem para Rosberg. Sebastian Vettel é o terceiro com 80 pontos. Felipe Massa soma 39. A próxima prova do calendário é o tradicional GP de Mônaco, em 24 de maio.

Nico Rosberg começou a vencer a prova em Barcelona na largada. Ele aproveitou bem sua primeira chance na temporada de iniciar na pole e manteve a liderança sem sustos, até porque Sebastian Vettel conseguiu ultrapassar Lewis Hamilton e tomar a segunda colocação do piloto britânico.

Mais atrás no grid, Felipe Massa tentou compensar na largada o erro que cometeu no treino classificatório. Ele saiu em nono e chegou a brigar pela sexta colocação nas primeiras curvas, mas acabou ficando sem espaço na pista e caiu para oitavo. Três voltas depois, no entanto, aproveitou a potência do motor de sua Williams, deixando Carlos Sainz Jr. e Max Verstappen para trás e assumiu a sexta colocação.

Lewis Hamilton foi o primeiro a parar nos boxes, na 14ª volta, tentando ganhar a posição de Sebastian Vettel, mas a equipe Mercedes cometeu um erro durante a troca de pneus. O alemão da Ferrari parou no giro seguinte e retornou à pista com vantagem confortável sobre o britânico, que gastou aproximadamente 3s a mais no pit-stop.

Hamilton tentou compensar na pista a falha da Mercedes, mas não conseguiu se aproximar suficientemente de Vettel até a metade da prova, quando foi aos boxes pela segunda vez, para colocar pneus duros em seu carro. Massa imitou o movimento do britânico, também adotando uma estratégia de três paradas.

O bom ritmo com os compostos duros fez com que Hamilton assumisse a liderança da prova quando Rosberg e Vettel foram aos boxes. A tática do britânico funcionou. Quando ele retornou à pista de sua terceira parada para troca de pneus, já estava à frente do alemão da Ferrari.

Faltava o da Mercedes. Hamilton ainda tentou tirar a diferença para o líder na esperança de brigar por mais uma vitória, mas Rosberg controlou seu ritmo para não ser ameaçado e pela primeira vez no ano venceu.

TERRA

Comentários

comentários