Funesp promete investir em diversas obras e reformas até o final do ano

Nádia Nicolau

Até o final de 2019, haverá diversas novidades e amplo investimento no cenário esportivo de Campo Grande, é o que confirmou Rodrigo Terra, diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes (FUNESP), durante entrevista, hoje (4), ao programa Tribuna Livre, da Capital FM.

O gestor da pasta falou sobre o Programa de Infraestrutura Esportiva que prevê, dentre as ações, reformas da Praça Belmar Fidalgo, do complexo aquático das piscinas dos parques Jacques da Luz e Ayrton Senna, além da liberação do Estádio Guanandizão.

“Trinta bairros vão receber investimentos, reformas e adequações. Temos ações sistemáticas para Campo Grande e faltava um pacote ligado à infraestrutura esportiva”, disse Rodrigo Terra.

Segundo titular da pasta de esporte do município, “há muitas obras orçadas em 4 milhões de reais que estão paradas. Vamos destravar todas essas obras até o fim do ano”. Ele reforçou que há recursos para isso e que parte desse dinheiro é do próprio caixa da FUNESP, que não foram utilizados em gestões anteriores.

Guanandizão de volta

Há seis anos parado, sem nenhuma manutenção e entregue à deterioração, o Estádio Guanandizão vai finalmente receber cuidados, afirmou Rodrigo Terra.

“Hoje vamos assinar contrato com a nova empresa participante do processo licitatório que, ao contrário das outras, aceitou fazer a obra”, destacou Terra.

Novidade tecnológica

As conhecidas academias ao ar livre, já instaladas em diversas regiões da capital, devem receber um incremento para atender pessoas de todas as idade e não somente os idosos. “De forma tecnológica, vamos disponibilizar vídeos de professores ensinando a utilizar os aparelhos de exercícios, chamada de Intergeracional”.

Segundo Terra, as pessoas que utilizam frequentemente as academias livres poderão acessar os vídeos pelo celular mesmo, por meio de código transferido pelo celular.

Comentários