“MS está fazendo sua parte para o Brasil voltar a crescer”, afirma governador na “Semana do trabalhador”

Lúcio Borges

MS está com empregos positivos, apresentou números Azambuja (Fotos: Lúcio Borges)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, afirmou hoje que Mato Grosso do Sul é o Estado com geração positiva de empregos, a cerca de um ano, “fazendo sua parte para o Brasil voltar a crescer”. A narrativa do governador foi ‘junto ao trabalhador’ que busca por um emprego ou serviços da área na sede Funtrab (Fundação do Trabalho de MS), no lançamento e abertura da “Semana do trabalhador”, na manhã desta segunda-feira (24). Veja abaixo, algumas das ações que serão realizadas pela administração estadual, por meio da Funtrab, nesta semana para comemorar e contribuir com o trabalhador, culminando na próxima segunda-feira, 1º de maio, dia do Trabalhador. O chefe do Executivo, fez uma pequena correção, mas endossou o diretor-presidente da Fundação, Wilton Acosta, que discursou primeiro e destacou o índice do Estado, nas primeiras colocações de maior geração de emprego.

Durante a solenidade, Azambuja dizendo que o “MS está fazendo sua parte para o Brasil voltar a crescer” e alavancar a economia, ressaltou que o trabalho regional é ou tem o objetivo de ser feito a três mãos, para ser e como vem sendo positivo na geração de emprego e renda. Tudo isto, faz resultar, de acordo com Funtrab-governo, com que MS nos últimos 12 meses e neste mês de março 2017, fosse o melhor na geração de empregos em quatro anos, diz Funtrab. Foram criados 1.245 novos empregos com carteira assinada no mês passado no Estado – o melhor desempenho para o período desde 2013.

“O Governo faz sua parte atraindo e incentivando a economia abrindo mão de impostos e

“MS fazendo sua parte no crescimento do Brasil”

dando garantias as empresas e investidores. É trocar impostos por empregos, que na segunda mão, faz o empresário crer, investir e gerar a cada dia mais oportunidades, que reflete a recuperação de MS na emissão empregos. E por fim na ponta principal, o trabalhador que tem bom atendimento e sua oportunidade para um emprego ou nova colocação de ascensão ou mudanças de área para melhor trabalhar e viver. Isto fazemos aqui e damos nosso resultado imediato a quem interessa, que é a população, bem como para contribuir ou por consequência fazendo nossa parte para o Brasil voltar a crescer e alavancar a economia”, discursou o governador.

Veja esta fala e sequência de outros dados comentados pelo governador em seu discurso na Abertura da Semana do Trabalhador.

Março foi o melhor mês de MS na geração de empregos em 4 anos, diz Funtrab

O diretor-presidente da Funtrab, afirmou que a captação de vagas de emprego encaminhados pelo órgão ao mercado de trabalho em Mato Grosso do Sul saltou de 12% em março de 2016 para 30% em março de 2017.

“Isso tem a ver com a boa relação da Funtrab com o empresariado. No último ano houve uma relação mais próxima e fez com que gerasse mais credibilidade, porque quando você encaminha um profissional para preencher uma determinada vaga ele tem que estar qualificado conforme o que pediu o empresário. Se há essa aproximação de quem encaminha com o mercado de trabalho, normalmente a pessoa é contratada”, declarou Wilton Acosta, durante a abertura da Semana do Trabalhador.

Segundo ele, dados do Caged/MS (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) colocam Mato Grosso do Sul em segundo lugar no ranking nacional de geração positiva de empregos no mês de março de 2017 com 1.245 novos postos de trabalho.

Acosta avalia que em termos de geração de empregos foi o melhor mês de março para Mato Grosso do Sul desde 2003. “Temos que comemorar esses índices positivos, principalmente se compararmos com o restante do Brasil. “Tivemos um crescimento de 0,24% em relação ao mês de março, e os setores que mais geraram empregos no Estado foram a indústria de transformação com 770 novas vagas, a construção civil, 465, a agropecuária, 305, e serviços, 245” , revelou.

Ainda de acordo com Wilson Acosta, Três Lagoas em primeiro e Corumbá em segundo foram as cidades que mais geraram empregos no mês de março, enquanto que Campo Grande teve saldo negativo de 337 postos de trabalho. A Funtrab possui unidades em 31 cidades do Estado. Em Campo Grande o órgão tem 160 funcionários.

Semana do trabalhador

A partir desta segunda-feira (24) até o dia 1º de maio, a Funtrab realiza a “Semana do Trabalhador”, em homenagem ao Dia do Trabalhador. Durante toda a semana, serão realizadas palestras motivacionais, cursos de qualificação profissional e orientações ao trabalhador.

As ações ocorreram na sede da Funtrab, no centro de Campo Grande, nos maiores terminais de ônibus e na Praça Ari Coelho, principalmente no dia em si, na próxima segunda-feira, o dia do Trabalhador.

Na Funtrab, todos os dias haverá palestras sempre as 9 horas e 13 horas com diversos temas como: motivação, orientação profissional, empreendedorismo e outras atividades durante todo o dia, visando beneficiar os trabalhadores, como exposição e mini cursos de artesanatos, apresentações culturais, orientações sobre currículos, entrevista de emprego, microcrédito e sorteio de brindes.

Mais informações: Fundação do Trabalho de MS, fica na Rua Treze de Maio, 2773 – Centro) – (67) 3320-1400

Comentários