Mutirão de reconstrução do calçadão do Estrela do Sul continua neste domingo

Silvio Ferreira

O mutirão de reconstrução do calçadão do bairro Estrela do Sul terá mais uma etapa neste domingo (15/07). Próximo à Escola Estadual Arthur de Vasconcellos Dias, o calçadão foi destruído em 2012 durante a instalação da rede de captação de água e esgoto na região que faz parte do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) do governo federal, que não reconstruiu o espaço.

O mutirão precisa da colaboração voluntária dos moradores para ser concluído mais rapidamente. Foto: Suki Ozaki

Com o abandono, o local foi tomado pelo mato, transformou-se em ponto de descarte de lixo e ainda provocou o aumento da insegurança dos moradores do bairro, porque não conta com iluminação pública.

Para resolver o problema da forma mais breve possível, os moradores buscaram o apoio do vereador Dr. Lívio que colaborou com um estudo técnico para a elaboração do projeto de reconstrução do calçadão. A recuperação do espaço conta ainda com a participação de empresários locais e da população, que arrecadaram material de construção e podem colaborar com a mão-de-obra voluntária.

O calçadão se estende por quatro quadras. O mutirão tem como meta concluir uma quadra a cada domingo. Foto: Suki Ozaki

É justamente neste ponto, que os idealizadores do mutirão pedem o apoio dos moradores do bairro Estrela do Sul, já que no primeiro domingo (02/07) – dos quatro previstos para a reconstrução do calçadão -, houve um fluxo grande de voluntários. Infelizmente a mesma frequência não se repetiu no segundo domingo (09/07), onde boa parte dos voluntários fazia parte da equipe do gabinete do vereador, que sequer residem no bairro.

“Pedimos a quem puder, que venha dar um pouco do seu tempo e esforço para que possamos concluir o mais rápido possível este projeto que beneficiará todo a comunidade”, enfatizou o vereador.

—-
Serviço:
Mutirão de reconstrução do calçadão do bairro Estrela do Sul
Rua Madame Butterfly, próximo à Escola Estadual Arthur de Vaconcelos Dias
Domingo (16/07) das 7h30 às 17h

Comentários