Mulher presa por matar bebê é encontrada morta em cela de presídio na capital

Mulher presa por matar bebê é encontrada morta em cela de presídio na capital
De acordo com a polícia, a detenta foi encontrada em um dos pavilhões na manhã desta segunda-feira (18), sem sinais de violência.

Uma mulher de 44 anos foi encontrada morta em uma cela do Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi”, em Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (18).

O corpo foi encontrado em uma das celas do Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi”

Segundo o boletim de ocorrência, ela estava presa desde agosto deste ano após ter matado um bebê em 2014 em Bela Vista.

De acordo com a polícia, durante a inspeção feita na noite de domingo (17), com mais de 30 internas, a detenta estava bem e respondeu o confere normalmente. Mas, na manhã desta segunda, durante nova inspeção, as detentas avisaram aos agentes que a vítima estava com o “corpo roxo”.

Um médico foi chamado e atestou a morte da detenta. Segundo o boletim de ocorrência, o médico não fez comentários sobre possíveis sinais de violência.

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), informou que o caso é tratado como morte natural, não havendo indícios que pudesse levantar suspeitas de suicídio ou assassinato. O caso registrado como morte a esclarecer será investigado.

Comentários