Mulher encontrada morta foi tirada de casa na frente da mãe e atingida por 47 facadas

Érica Rodrigues Ribeiro de 29 anos, encontrada morta na manhã de terça-feira (3), em Três Lagoas, a 313 quilômetros de Campo Grande, foi tirada de casa na frente da mãe e depois atingida por ao menos 47 facadas. A informação inicial era de tinham sido 10.

Perícia no local onde a mulher foi encontrada morta — Foto: André Barbosa/ TV Morena

De acordo com a Polícia Civil, Érica estava em casa com a mãe na noite de segunda-feira (2), quando um grupo a tirou à força do local. Ela foi levada para a estrada conhecida como Cascalheira e lá morta e depois arrastada até o ponto da mesma via onde o corpo foi encontrado.

Três pessoas, entre elas uma mulher, estão presas. Todos negam envolvimento do caso. A polícia trabalha com a hipótese de Érica ter sido vítima do ‘tribunal do crime’, devido a quantidade de golpes.

O ‘tribunal do crime’ foi o nome dado ao ‘julgamento’ que bandidos fazem de rivais. Eles decidem se a pessoa vai ser morta e em caso positivo, o que acontece na maioria das vezes, os envolvidos usam de tortura e crueldade.

Comentários