Mulher encontrada morta foi atropelada pelo marido com trator

Da Redação/JN

O marido de Maria Vilanir dos Santos,54 anos, confessou ter atropelado a vítima com um trator, no último sábado (31) , na zona rural de Nova Andradina.

A polícia investigava a morte da mulher, desde que Maria foi encontrada morta na propriedade rural do bairro São Bento com diversos hematomas pelo corpo. Na manhã de domingo (01) o autor, 50 anos, é quem teria acionado a polícia levantando a suspeita de um infarto.

Conforme o site Nova News , o acusado relatou que no sábado ele estava manobrando um trator na propriedade rural, momento em que, sem notar, a vítima, subiu no estribo do trator, caiu e foi atropelada. Testemunhas teriam presenciado o ocorrido, segundo o homem. Ele disse que ajudou a esposa a se levantar e, em seguida, ambos foram andando até o automóvel e foram para a Fazenda Boa Vista.

Por volta das 22h30, o marido contou que a mulher não se mexia na cama e ela estava com o corpo muito gelado. Ele teria tentado falar com parentes, mas não conseguiu completar as ligações, então ligou para a Polícia Militar e relatou que sua esposa estava morta dentro de casa.

Mas não informou o real motivo pela morte. Contudo, depois de confessar o crime o delegado responsável pelo caso, Rafael de Souza Carvalho, liberou o autor. Ele foi indiciado e responderá pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Comentários