Mulher é morta a pauladas após flagrar marido com outra em Amambai

Nilda Vilhalva, de 48 anos, foi assassinada na madrugada de ontem (31), pelo próprio marido, Assunção Vargas, da mesma idade, em uma aldeia indígena, em Amambai.

De acordo com o boletim de ocorrência, na noite do dia 30, o casal estava participando de uma festa na vizinhança, onde todos estavam ingerindo bebida alcoólica, quando Nilda teria flagrado o marido com outra mulher. Eles começaram a brigar e ela, com uma lanterna, teria agredido o homem no rosto.

Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

Assunção, com um pedaço de pau, golpeou Nilda várias vezes na cabeça. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

Por volta das 6h, Assunção ligou para a cunhada e informou que a esposa estava ferida e caída no chão dentro da casa. A polícia foi acionada e, no local, encontraram Nilda já sem vida. O suspeito estava próximo ao corpo, com visível estado de embriaguez. O pedaço de pau usado no crime também estava no local, com manchas de sangue.

Assunção foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Amambai.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários