Mulher é executada com cinco tiros de pistola em frente de casa

Marlene Rosa de Souza Zaffe, de 48 anos, foi morta a tiros de pistola no final da manhã desta quarta-feira (25), em Ponta Porã, região sul do estado e que faz fronteira com o Paraguai.

De acordo com a polícia, vítima tinha desavenças com vizinhos. Ela foi morta ao atender uma pessoa que a chamou pelo nome, em Ponta Porã

De acordo com a polícia, Marlene levou cinco tiros de pistola de calibre 9 mm ao ser chamada por uma pessoa que estava no portão da casa dela. Ela morreu antes do socorro chegar.

Na hora do crime, ela estava acompanhada da nora.

O corpo dela foi levado para o Insituto Médico Legal (IML) da cidade. O caso foi registrado como homicídio e até a publicação desta reportagem ninguém havia sido preso.

Há informações de que havia brigas entre a vítima e vizinhos, tanto que existe duas ações por injúria que consta Marlene como autora.

Comentários