Mulher disse ter matado marido por estar cansada de apanhar

Maristela Benites, 43, disse ter golpeado o marido, Elson Quevedo, 36, por estar cansada de apanhar do rapaz. Na manhã desta terça-feira (10/12) ela o atingiu com uma facada no peito, resultando em morte.

Assassinato ocorreu em um barraco às margens da Perimetral – Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Segundo o Dourados News, o caso aconteceu na comunidade Ñu Verá, acampamento montado às margens da Perimetral Norte, na Reserva Indígena de Dourados.

Familiares disseram que o casal discutia constantemente e pela manhã, a mulher acabou cometendo o crime. À polícia, ela negou intenção de matar o marido e alegou tentativa de se defender de outra agressão.

Encaminhada ao 1º Distrito Policial, deve ser autuada em flagrante pelo homicídio. A arma usada no crime foi apreendida.

Comentários