Mulher de 59 anos é morta com quatro facadas pelo ex-marido em Jardim

Maria Eva Coronel, 59 anos, foi morta a facadas na noite de ontem (09), na residência onde morava, na rua Coronel Stuck, na Vila Angélica, em Jardim. O ex-marido da vítima e autor do homicídio, Dionísio Freitas Barboza, 69 anos, ficou ferido e foi encaminhado à Santa Casa de Campo Grande.

1312

De acordo com informações do boletim de ocorrência, Dionísio foi até a casa da ex-mulher e, durante uma discussão, esfaqueou a vítima quatro vezes, atingindo o tórax e a região lombar. O irmão da vítima, identificado apenas como Alberto, chegou ao local e, com um pedaço de pau, agrediu o autor no rosto, conseguindo desarmá-lo.

O socorro foi acionado, mas quando chegaram ao local Maria Eva já estava sem vida. Dionísio foi socorrido e encaminhado ao hospital da cidade, mas devido ao estado de saúde, foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande.

O caso foi registrado como feminicídio, violência doméstica e familiar na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Jardim.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários