Mulher de 52 anos pode ser a 5ª morte por dengue no Estado

Da Redação

A Secretaria Municipal de Nova Andradina, município 300 quilômetros distante de Campo Grande investiga se a causa da morte de mulher de 52 anos pode ter sido dengue hemorrágica. Se confirmada, esta seria o 5º óbito no Estado pela doença.

Prefeitura do município fez mutirão no fim de semana (Foto: Jornal da Nova).

Célia Alves estava internada no Hospital Regional do município e morreu no sábado, segundo o Jornal da Nova. O secretário de Saúde, Arion Aislan disse que o material coletado foi enviado para setor de epidemiologia em Campo Grande e o resultado deve sair em até 15 dias.

No último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado no dia 22, Nova Andradina apresentava baixa incidência da doença, com uma notificação. No fim de semana, a prefeitura realizou mutirão no bairro Horto Florestal, onde foram retirados três caminhões de lixo, como entulho, sofás e pneus velhos.

No total, MS registra, até agora, 3.195 notificações, sendo 621 confirmações e quatro mortes registradas em Campo Grande, Sete Quedas, Corumbá e Cassilândia.

Comentários