Mulher de 37 anos é primeiro caso suspeito de morte por gripe H1N1 em Dourados

Dourados investiga o primeiro caso suspeito de morte em decorrência da gripe H1N1. O caso ocorreu há quase duas semanas e o resultado de exames é aguardado ainda esta semana, de acordo com coordenador do núcleo de vigilância epidemiológica, Devanildo de Souza. A vítima é uma mulher de 37 anos. As informações são do site Dourados News.

Foto: Gizele Almeida
Foto: Gizele Almeida

“O caso foi repassado para a vigilância que aguada o resultado dos exames, para que possa confirmar ou não a morte pela doença. A paciente veio a óbito no dia 19 de maio no Hospital da Vida e consta que ela é moradora no Jardim Água boa”, contou Devanildo.  Segundo o coordenador, na cidade foram notificadas 37 pessoas com suspeita de deterem contraído a doença e do total, 11 atestaram positivos e os demais aguardam resultados de exames.

Em Mato Grosso do Sul, de acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) divulgado no dia 25 de maio, foram 485 notificações com 143 pacientes confirmados com a doença e 24 óbitos.

 

Comentários

comentários