Mulher corre risco de perder bebê após ser agredida a socos e chutes

Uma mulher de 31 anos foi vítima de violência doméstica na manhã deste sábado, dia 21 de julho, em Ponta Porã, cidade localizada na fronteira com o Paraguaia, e corre risco de perder o bebê. O suspeito, de 22 anos, foi preso.

De acordo com o site Porã News, a vítima está grávida de 24 semanas e, no hospital, contou aos policiais que foi agredida após uma discussão com o suspeito. Ela disse que foi ferida por socos no rosto, chutes nas pernas, braços e próximos à barriga. Falou também que esta não foi a primeira vez que sofre violência por parte do rapaz.

Ainda conforme a polícia, laudo médico aponta que a mulher corre risco de perder o bebê porque perdeu líquido amniótico, o qual é responsável pela proteção do feto dentro da barriga.

Após conversar com a mulher no hospital, a polícia foi a procura do suspeito e o encontrou em uma obra residencial.

Comentários