MST realiza panfletagem em BRs que cortam MS para reivindicar Educação e Reforma Agrária

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra de Mato Grosso do Sul (MST/MS) realizam na manhã desta quarta-feira (03), concentração às margens de duas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Segundo a coordenação da Polícia Rodoviária Federal (PRF/MS), no quilômetro 125 da BR-267 (em Casa Verde, distrito de Nova Andradina, a 270 km de Campo Grande), de 60 a 100 militantes do movimento participam da panfletagem na rodovia, de forma pacífica.

Os integrantes do movimento sem-terra abordam os condutores para a distribuição dos panfletos e não têm reter por mais tempo o tráfego. As reivindicações do grupo são por educação pública de qualidade no campo, na cidade e pela Reforma Agrária.

Segundo a coordenação do MST, “o movimento é solidário e dá total apoio aos professores e administrativos da educação de MS que estão em greve desde o dia 27 de maio”.

Os integrantes do MST também pretendem realizar a panfletagem no km 409 da BR-262, em Terenos, a cerca de 40 km de Campo Grande.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários