MS receberá repasse de mais de três milhões de reais para reforçar combate ao mosquito da Dengue

Os 79 municípios do Mato Grosso do Sul vão receber mais dinheiro do Governo Federal para o combate ao mosquito que transmite Dengue, Zika e Chikungunya. O Ministério da Saúde informou que irá repassar ao estado mais de dois milhões de reais para as cidades investirem em medidas de combate ao mosquito. O valor será divido em duas parcelas, e a segunda remessa do dinheiro só será feita se o município fizer o levantamento que mede a infestação do mosquito na cidade.

O coordenador de Controle de Vetores do estado, Mauro Lúcio Rosário, informou que há cerca de um ano e meio menos da metade dos municípios entregavam esse tipo de levantamento, também conhecido como Levantamento para Índice Rápido para o mosquito transmissor, o LIRAa. Hoje, a situação é diferente.

“O que a secretaria fez? Reunimos os 79 secretários, nós colocamos nossa preocupação e colocamos a importância da realização do Liraa em todos os municípios de Mato Grosso do Sul. Depois dessa reunião, os 79 municípios estavam realizando o LIRAa”, disse Mauro. 

Ainda de acordo com Mauro Lúcio Rosário, um levantamento deste tipo é fundamental para os municípios traçarem estratégias de combate ao transmissor dos vírus. Com ele, é possível detectar quais áreas têm maior infestação do mosquito  e dar prioridade a elas.

Segundo a secretaria estadual de Saúde do Mato Grosso do Sul, foram registrados nos estado, em 2016, mais de 58 mil casos suspeitos de Dengue, mais de dois mil de Zika e mais de 400 Chikungunya.

 

Comentários