MS entra desta vez em recadastro de celulares pré-pago que começa hoje

Lúcio Borges

O recadastramento dos clientes de serviços de telefonia celular pré-paga que já ocorreu em alguns Estados neste ano e vinha sendo ou foi programado para ser realizado por etapas, a partir desta quarta-feira (31), passa por mais nove Estados e Distrito Federal. A ação começa hoje também em Mato Grosso do Sul, que está incluindo entre as dez unidades da federação nesta oportunidade de atualização que é obrigatória para quem possui pendências cadastrais.

O Página Brazil havia noticiado sobre este recadastramento iniciado e que agora, será aplicado aos clientes dos estados do Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Tocantins e Santa Catarina. Quem não fizer o recadastramento no prazo estipulado pela operadora terá a linha bloqueada enquanto o cadastro não for atualizado.

Contudo, conforme anuncio, todos devem procurar, mas acima de tudo, os clientes com algum tipo de pendência receberão uma mensagem SMS, informando que precisam fazer um novo cadastro. Para atualizar os dados, o consumidor que receber a mensagem de aviso deverá entrar em contato com a central de atendimento telefônico da sua operadora e estar preparado para informar nome completo, número de CPF (no caso de pessoa física) e o endereço completo com CEP.

A ação está na segunda etapa do recadastramento que começou em abril na região do DDD 62, em Goiás. Agora, o recadastramento está sendo estendido para todos os municípios goianos e para outros nove Estados. Em 2 de setembro, o recadastramento será ampliado para todo o Brasil.

Justificativa

De acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel de Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), o objetivo do recadastramento é dar mais segurança e transparência para os usuários e a sociedade. “A iniciativa atende ao que foi determinado pela Lei 10.703/2003 e pela resolução 477/2007, da Anatel, para que as operadoras mantenham o cadastro atualizado de seus clientes na modalidade pré-paga”, informou o sindicato.

Após a fase de recadastramento dos clientes, as operadoras de telefonia celular irão implementar novo modelo de cadastro para novas ativações de celulares pré-pagos.

Comentários