MPE pede que prefeitura revogue licença do depósito de ex-vereador

Depois de se envolver em escândalo sexual, e renunciar ao mandato de vereador em Campo Grande, Alceu Bueno pode perder o depósito de material de construção do qual é dono que fica na na avenida Cel Antonino 5200.

Em recomendação feita à Prefeitura de Campo Grande nesta quarta-feira (6), a promotora Bianka Machado Arruda pediu para que a administração revogue o termo de uso da empresa Bueno Transportes e Comércio LTDA, situada no bairro Coronel Antonino.

A promotora afirmou que a prefeitura tem ciência de que o estabelecimento funciona sem licença ambiental e, com isso, coloca a população em risco em razão de poluição sonora e atmosférica.

A promotora afirmou, ainda, que houve descaso com os cidadãos “tendo em vista que não lançou mão dos meios necessários para inibir a coibir a continuidade da atividade explicitamente ilegal da empresa Bueno Transportes, uma vez que a revogação da permissão de uso seria a medida mais adequada e rápida”, disse Bianka.

Ao fim, o MPE pede que a o termo de permissão de uso do espaço seja revogado.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura para mais detalhes sobre as ações da administração diante da recomendação, mas nenhum retorno foi dado até o fechamento desta edição.

Comentários

comentários