Motorista tem caminhão roubado e permanece 21 horas refém de bandidos

7caminhoPor volta das 5 horas de ontem (6), um motorista de 48 anos ficou refém de bandidos por cerca de 21 horas durante o roubo de seu caminhão, um Volvo, de cor vermelha. Ele só foi liberado pelos criminosos na madrugada de hoje (7).

Durante todo esse tempo, a vítima ficou com um capuz na cabeça e sob efeito de comprimido, que foi obrigado a tomar.

Na delegacia, o caminhoneiro disse que parou o caminhão próximo ao Trevo Imbirussú para urinar e foi surpreendido com uma pancada na cabeça.

Ele contou que os criminosos colocaram um capuz em sua cabeça e o jogaram dentro de um veículo Gol, de cor prata. Ele não conseguiu ver se os bandidos estavam armados.

Levado para uma área de terra, foi jogado no chão e obrigado a tomar vários comprimidos. No total, eram quatro homens. Ele não chegou a desmaiar, mas ficou com o corpo mole e com os sentidos alterados.

Depois de um dia e quase uma noite, o caminhoneiro foi abandonado perto do lixão, no anel viário na BR-262..

Ele mora em Barra Bonita (SP) e veio a Campo Grande trazer um carregamento de madeira. No dia do crime, como estava chovendo, a vítima deixou a carga em um posto e por orientação do patrão seguia até a empresa Volvo para fazer manutenção no veículo.

A vítima conta que está na profissão há 25 anos e nunca havia passado por situação semelhante.

O caminhoneiro registrou o boletim de ocorrência na Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos).

Comentários

comentários