Motorista de aplicativo amarrado, salta de veículo para fugir de bandidos

Um motorista de aplicativo de 37 anos foi sequestrado na noite de terça-feira (16), em Campo Grande, teve as mãos amarradas e conseguiu escapar dos bandidos ao pular do carro em movimento.

Segundo informações do boletim de ocorrência, por volta das 22h (de MS), o trabalhador procurava o número da casa da pessoa que havia feito uma chamada, no bairro Aero Rancho, quando foi rendido por dois assaltantes.

Os bandidos o obrigaram a ir para o banco traseiro, tentaram quebrar o celular dele e como não conseguiram, jogaram o telefone no canteiro da avenida Thirson de Almeida, prolongamento da Ernesto Geisel.

A partir da avenida, o motorista de aplicativo ficou com arma encostada na barriga dele e com a cabeça entre os joelhos.

Os suspeitos seguiram por várias ruas da cidade e falavam com outras pessoas com o objetivo de entregar o carro, que é de modelo popular. Eles passaram pelo bairro Tiradentes e pararam no Jardim Noroeste, proximidades do complexo penal.

No local onde pararam, a vítima ouviu um dos bandidos dizer que era para matá-lo e teve as mãos amarradas, ainda dentro do carro.

A parada no local chamou atenção de moradores e uma mulher, sem saber o que estava acontecendo, se aproximou e questionou os suspeitos sobre o que estava acontecendo. A vitima conseguiu mostrar a ela que estava amarrada e quando os bandidos arrancaram com o veículo, ela pulou.

Um dos assaltantes ainda tentou puxar o motorista de aplicativo pela blusa, mas não conseguiu impedir que escapasse. Ele pediu ajuda à mulher que havia desconfiado da situação e chamou a Polícia Militar.

O celular dele foi rastreado e localizado no canteiro da avenida Thirson de Almeida, danificado. As informações sobre a chamada que o motorista havia recebido pouco antes de ser sequestrado vão ajudar nas investigações da polícia.

Comentários