Motorista bêbado derruba cones de blitz, desobedece PM e é preso

Um rapaz de 26 anos foi preso na madrugada deste sábado (27), em Campo Grande, por dirigir embriagado, após derrubar cones de uma blitz, desobedecer policiais e ainda negar que fosse motorista.

Como não houve acidente com vítima, o delegado Leandro Azevedo arbitrou fiança de dois salários mínimos (R$ 1.998), mas o pai do jovem falou aos policiais que não iria pagar. “Disse que ele [filho], vai passar o fim de semana na cadeia”.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) fazia blitz na avenida Afonso Pena, bairro Amambaí, quando por volta das 4h (de MS), os policiais viram um carro trafegando em ziguezague e em alta velocidade.

Quando o veículo se aproximou da blitz, derrubou os cones de fiscalização e o motorista desobedeceu às ordens de parada, passando até por sinal vermelho. Os militares foram atrás e o condutor só parou 500 metros depois.

Os militares então se depararam com o carro com as portas travadas e o rapaz no banco do passageiro. Ele só abriu as portas após insistência dos policiais e disse que era outra pessoa quem dirigia o veículo e que esta havia saído do local. “Só que não foi vista nenhuma outra pessoa dirigindo. Só se fosse um cidadão invisível”, declarou o delegado.

Os policiais então verificaram que ele estava com odor etílico, olhos vermelhos, desordem nas roupas, fala alterada e pastosa, exaltado e com desequilíbrio no andar. Ele não aceitou fazer teste de alcoolemia, sendo elaborado Auto de Constatação de Embriaguez.

O jovem foi conduzido por dirigir embriagado e por direção perigosa. Ele deve passar por audiência de custódia na segunda-feira (29) e a Justiça irá definir se permanecerá preso ou se será solto.

Blitz
A polícia de trânsito fez fiscalizações em dois pontos de Campo Grande: avenidas Costa e Silva e Afonso Pena. Foram abordados 69 veículos, realizados 79 testes de alcoolemia e 18 condutores se recusaram.

Comentários