Motociclista morre após atropelar uma vaca quando seguia para trabalho

O motociclista Adbel Ortiz, 18 anos, morador na aldeia Bororó, na reserva indígena de Dourados morreu por volta das 04 horas da madrugada desta quinta-feira, quando trafegava em uma motocicleta Honda 125cc, de cor azul e sem placa pela Perimetral Norte, no trecho entre a MS-156 e avenida Guaicurus.

Fotos - Cido Costa/
Fotos – Cido Costa/

Adibel sofreu cortes profundos no pescoço, lesão e afundamento no tórax. Ele morreu na hora. A vaca morreu no acostamento. Um condutor, que passava pelo local do acidente, acionou socorro. Os socorristas dos Bombeiros estiveram no local mas nada puderam fazer, já que Adibel estava morto. Ele trabalhava numa horta na rodovia MS-156 que liga Dourados a Itaporã, e começava a jornada muito cedo.

O trecho foi sinalizado até a chegada da equipe de perícia e da polícia. O corpo do trabalhador foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Dourados.

A Polícia Civil de Dourados vai abrir inquérito para apurar a responsabilidade pelo tráfego de animal na pista de grande fluxo que fica entre Residencial Monte Carlo e a Aldeia Bororó, na região das rodovias MS-156 e Guaicurus, de acesso ao campus, aeroporto, bairros, quartel e distrito de Dourados.

A polícia alerta condutores que trafegam pelo anel viário de Dourados, cautela já que a via com curvas fechadas não tem sistema de iluminação. Em diversos pontos daquela rodovia, o tráfego de ciclistas e pedestres também é intenso e a falta de sinalização adequada favorece a ocorrência de acidentes. (Com informações de Cido Costa)
Segundo informações de uma equipe do Corpo de Bombeiros de Dourados que atendeu a ocorrência, o motociclista que trabalha em um horta da região, seguia para o trabalho quando bateu contra uma vaca que estava sobre a pista e devido a violência do impacto, morreu no local.

Peritos da Polícia Civil de Dourados, também estiveram presentes para os levantamentos sobre o acidente.

Comentários

comentários