Motociclista morre após ser arremessado por 12 metros em colisão com veículo na BR-267

Da Redação

Reprodução: (Foto: Maikon Júnior/Olimar Gamarra/Rio Brilhante em Tempo Real)

Um acidente ocorrido na noite de ontem (04), na BR-267, em Rio Brilhante, a 163 quilômetros de Campo Grande, matou Luiz Carlos da Silva, de 32 anos. Ele conduzia uma motocicleta quando colidiu com um Fiat Uno e foi arremessado por cerca de de 12 metros. Após a batida, os veículos pegaram  fogo.

Informações do boletim de ocorrência apontam que o condutor do carro, Alcides Ramos Ferreira, não se lembra de como ocorreu o acidente. A equipe da Polícia Rodoviária Federal que atendeu a ocorrência informou que o Fiat Uno seguia no sentido Maracaju-Rio Brilhante, no momento em que invadiu a pista contrária, ocasionando a colisão frontal.

A força da batida fez com que a motocicleta ficasse presa ao para-choque do automóvel e ainda ser arrastada por 30 metros, além de arremessar e matar a vítima. Depois que os veículos pararam, começaram a incendiar.

O motorista foi socorrido submetido ao teste do bafômetro que apontou resultado negativo ao consumo de álcool. A polícia investiga a real causa do acidente.

Comentários