Mostra de Cinema Alemão no MIS exibe produções contemporâneas com enfoque político e social

Da Redação

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza de 10 a 13 de setembro (terça a sexta-feira), sempre a partir das 19 horas, no Museu da Imagem e do Som, a Mostra de Cinema Alemão. As exibições contam com a parceria da escola Berlin Idiomas. A entrada é franca.

A Mostra apresenta ao público um pouco da cinematografia recente da Alemanha em produções que primam pelas relações humanas e por questões políticas e sociais durante a 2ª Guerra Mundial e também no pós-guerra. São obras de grande relevância para amantes da sétima arte e para estudantes de várias áreas. A curadoria é de Benjamin Möck.

Para Benjamin, a Mostra é uma oportunidade de as pessoas descobrirem uma perspectiva nova de como as coisas aconteceram na Alemanha nazista. “Teve um jogo de como foi feito, a gente não se dá conta de que o sistema faz mal para a sociedade. As ferramentas para mudar isso são cada vez mais difíceis de alcançar. Hoje a gente vive uma democracia, que não é tão democracia assim. Você elege um político mas ele não consegue fazer tudo que promete porque é parte de um sistema de partidos”.

Sobre o cinema alemão, o curador diz que as obras privilegiam assuntos internos do país. “Os alemães são críticos deles mesmos, não gostam muito de olhar para fora. Esse ‘lance’ de você seguir uma ideologia é muito forte, eles têm esse sentimento de arrependimento e prevenir para que não aconteça de novo”, diz, com relação à Segunda Guerra.

As exibições também consolidam o Museu da Imagem e do Som como um espaço social capaz de democratizar o acesso às produções audiovisuais do país e do mundo, além de promover o debate e a reflexão no sentido de contribuir com a formação e a difusão de conhecimento e cultura no Estado.

Comentários